Como todos que acompanham meus posts aqui na coluna do P.A devem saber, sou um iniciante da pesca esportiva, porém praticante do pesque e solte a muito tempo. Nos últimos anos peguei o gosto de praticar esse esporte em rios, lagos e represas, então encontrei muitas dificuldades justamente por não ter tanto acesso assim as informações de pessoas locais, que aliás, essa já é uma dica, mas nada como você praticar mesmo.

Convidei meu parceiro de pesca e primo Daniel e fomos em busca de peixes. No dia do vídeo acima, estava muito frio o clima de manhã. Muito vento e nublado dependendo do caso acaba atrapalhando a pesca com iscas artificiais, e foi o que aconteceu conosco.

A grande virada no jogo foi o período da tarde, onde com o pouco de sol que saiu pudemos obter o êxito de Tucunaré Amarelocapturar exemplares dignos de uma pesca esportiva. No total neste dia pudemos capturar seis tucunarés amarelos, mas não confunda os amarelos da Amazônia com os da região sudeste, que são cientificamente chamados de 
cichla
 kelberi
.
Os da região amazônica são os cichla mirianae, que chegam até seis quilos, diferente dos da região sudeste, que chegam até três quilos.

DICA

A dica que passo para vocês é a seguinte:

Como vocês podem observar na foto, capturei um macho primeiro naquele determinado ponto, observem pela foto a protuberância que há sobre a cabeça dele, é aquele famoso galo. Tomando por base que os tucunarés adultos costumas formar casais, vi que havia a oportunidade de captura talvez da parceira dele, então pedi para que meu primo começasse a arremessar insistentemente naquele local, e o resultado veio. Trabalhando uma isca de meia água da cor osso, ele conseguiu em seu quinto arremesso obter o resultado que vocês podem observar no vídeo.

ISCAS UTILIZADAS:

As iscas vai muito do gosto, mas tomando por base que essa espécie de tucunaré não é tão agressivo quanto os azuis ou até mesmo os temidos açús da Amazônia, acabamos usando iscas de meia água da cor osso, metálica com cabeça vermelha e osso com cabeça vermelha, que são as mais tradicionais e que a maioria já sabe.

OBSERVAÇÃO:

Não confunda meia água com semi-superfície, há uma diferença de profundidade que pode fazer toda a diferença em sua pescaria, mas obviamente não deixe de experimentar, afinal, as primeiras horas de pesca a gente utiliza para estudar o comportamento do peixe, independente da espécie.

PRESERVAÇÃO

Não deixe de praticar o pesque e solte. Sabemos que isso é um longo caminho a ser percorrido, mas o resultado pode ser tão gratificante quanto rápido.

Total 37 Votes
0

Tell us how can we improve this post?

+ = Verify Human or Spambot ?

13 thoughts on “DICAS DE INICIANTE PARA PESCA DO TUCUNARÉ AMARELO DO SUDESTE

Deixe uma resposta